Araputanga
adv 01O advogado Ricardo Mamedes remarcou para segunda-feira (17), às 15h,  entrevista com a TV Popular WEB, para falar sobre sua prisão acusado de desacato durante ordem de busca e apreensão em sua casa.

A prisão do advogado ocorreu na tarde de quarta-feira (12) e foi efetuada pelo delegado de Polícia Judiciária Civil de Araputanga, Dr. Miguel Macário Lopes, com auxilio de Policiais Militares, no cumprimento de ordem de busca e apreensão de arma de fogo, expedida pelo Juiz de Direito e Diretor do Fórum  da Comarca, Dr. Renato José de Almeida Costa Filho.

Mamedes não permitiu a entrada do delegado em sua casa e, para o cumprimento da ordem Judicial, se formou uma grande confusão, chamando a atenção de centenas de populares que se aglomeraram no local. "Um mandado de busca domiciliar como corriqueiramente a gente faz, autorizado pelo juiz, acompanhado de um advogado, tudo dentro da Lei, apresentamos o mandado para o advogado e deu nisso ai, sem necessidade", disse o delegado.

Conforme Dr. Miguel Macário, a ordem de busca e apreensão foi expedida porque o advogado vinha ameaçando pessoas. "Ele estava ameaçando pessoas e isso vem há muito tempo, as pessoas vão à delegacia fazem Boletim de Ocorrência (B.O) e de posse dessas informações, sabendo que a pessoa tem uma arma dentro de casa, obrigatoriamente a policia tem que agir", afirmou.

Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT), que estiveram no local, alegaram não terem sidos notificados sobre ordem de busca e apreensão para Araputanga e sim para o município de Reserva do Cabaçal, o que para eles, seriam um ato arbitrário. "Não importa, ela foi informada, a circunscrição nossa faz parte Reserva do Cabaçal, Araputanga e uma série de outros municípios. Eu apenas informei a OAB como costumeiramente a gente faz, eu não podia informar quem era o alvo porque se não nossa operação seria frustrada", disse.

Ao entrar na casa do advogado, o Delegado encontrou uma arma pistola 380 e muita munição. "É um crime afiançável e se ele tivesse acatado a ordem judicial não teria dado todo esse problema, quem sabe ele iria para a delegacia, pagaria fiança, sem nenhum problema", disse. 

Depois de muita confusão e resistência, Ricardo Mamedes foi preso, passou a noite na cadeia, sendo liberado pelo Juiz de Direito e solto na tarde de quinta-feira (13), após o pagamento de fiança, cujo valor não foi divulgado.



Veja reportagem da prisão. TV Popular WEB