logo

SAÚDE

Anvisa autoriza registro de vacina que previne bronquiolite em bebês

Dose deve ser administrada na mãe durante a gestação


Por Paula Laboissière – Agência Brasil

img

Imagem ilustrativa. (Foto: Banco de imagens freepik)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o registro da vacina Abrysvo, da farmacêutica Pfizer. A dose combate o vírus sincicial respiratório (VSR), causador de infecções no trato respiratório, como a bronquiolite. A resolução foi publicada nesta segunda-feira (1º) no Diário Oficial da União.

 

Em nota, a Anvisa destacou que a bronquiolite é uma inflamação dos brônquios que acomete com bastante preocupação crianças pequenas e bebês. O imunizante é indicado para a prevenção da doença do trato respiratório inferior em crianças desde o nascimento até os seis meses de idade por meio da imunização ativa em gestantes.

 

“Isso significa que, para a proteção das crianças, a aplicação da vacina deve ser feita nas mães, durante a gestação. A vacina não é aplicada diretamente nos bebês”, reforçou a agência. A dose também foi autorizada para a prevenção da doença do trato respiratório inferior em pessoas com 60 anos ou mais, população também considerada de risco para a doença.

 

A vacina

A vacina Abrysvo é descrita como bivalente, já que é composta por dois antígenos da proteína de superfície F do VSR. A administração é intramuscular e em dose única. Segundo a Anvisa, o imunizante deve ser aplicado durante o segundo ou terceiro trimestre da gestação.

 

“Como todo medicamento, foram observados alguns efeitos colaterais na administração do imunizante, sendo os mais comuns: dor no local da vacinação, dor de cabeça e dor muscular”, destacou a agência. “Ainda assim, a totalidade das evidências apresentadas à Anvisa foi capaz de demonstrar que os benefícios da vacina são superiores aos seus riscos.”

 

A Anvisa já havia autorizado o registro da vacina Arexvy, da farmacêutica GlaxoSmith Kline, também destinada à prevenção de doenças causadas pelo VSR, porém, com indicação restrita à população com idade superior a 60 anos.

Edição: Kleber Sampaio

 

FALE COM O POPULAR ONLINE

Para falar com a redação do Popular Online, mande uma mensagem pelo WhatsApp. Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram.


INADEQUADA

Sem estação de tratamento, moradores recebem água “barrenta” em Figueirópolis d’Oeste

Diversos moradores estão revoltados e indignados após o prefeito contratar uma empresa por quase R$ 18 milhões para instalação de energia solar.


“MENINA MOÇA”

Com o apoio dos parlamentares Carlos Avallone e Ulisses Ferreira, projeto social é resgatado em Araputanga

O projeto foi reiniciado após mais de 20 anos, com a aula inaugural nesta terça-feira (23), na Comunidade de Farinópolis.


CASO DE POLÍCIA

Adolescente é morta a facadas em Porto Esperidião

A morte aconteceu após o grupo suspeitar que a vítima fosse informante da polícia.

Ver mais

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.