logo

ÁPATE

Cheque liga vice-prefeito de Cáceres a alvos de operação por fraude em concurso público


Por Khayo Ribeiro | GD

img

Foto: Reprodução

Cheque emitido pelo vice-prefeito de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), o médico Odenilson José da Silva (Republicanos), liga o gestor municipal a um dos alvos da Operação Ápate. Ação foi deflagrada no final de junho contra investigados por fraude no concurso da prefeitura de Mirassol D'Oeste (300 km a oeste da Capital).

• Clique aqui para receber as notícias no WhatsApp

Portal Gazeta Digital teve acesso à documentação da investigação. No documento, é detalhado que um dos intermediadores do esquema pede para que sua esposa deposite em uma determinada conta. Um dos cheques, que é assinado por Odenilson, foi relacionado a dois alvos da operação que estavam na lista para aprovação no concurso.

Foto do cheque destacada na documentação mostra que o pagamento está nominado para uma empresa de cerâmica. Empresa tem como sócio-fundador o familiar dos dois nos quais o vice-prefeito é relacionado. Cheque é datado de 22 de fevereiro de 2022 no valor de R$ 10 mil.

Leia também: Polícia cumpre 84 ordens judiciais contra associação criminosa que fraudou concurso de Mirassol d'Oeste

Reportagem entrou em contato com o vice-prefeito e a assessoria de comunicação da prefeitura de Cáceres. Contudo, até a publicação da matéria, não houve manifestação sobre os questionamentos. Espaço segue aberto para posicionamento.

 

Operação foi deflagrada pela Polícia Civil na última quinta-feira (29) com cumprimento de 84 ordens judiciais. Quadrilha fraudou ingresso no concurso municipal que tinha vagas para diversas áreas com salários de até R$ 18 mil.

 

Justiça decretou as prisões preventivas do operador do esquema, do proprietário da empresa realizadora do concurso e da chefe de gabinete e do vice-prefeito de Porto Esperidião.

 

FALE COM O POPULAR ONLINE

Para falar com a redação do Popular Online, mande uma mensagem pelo WhatsApp. Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram.


R$ 2 MILHÕES

Tribunal de Contas mantém suspensa licitação suspeita de direcionamento em Araputanga

Conforme o TCE-MT, o processo licitatório suspeito refere-se à aplicação de microrrevestimento asfáltico em ruas e avenidas, no montante de R$ 2 milhões.


MATO GROSSO

CDL oferta mais de 900 vagas para curso gratuito de capacitação em empreendedorismo

As inscrições podem ser realizadas por meio do site, onde, também, estão as informações sobre os municípios atendidos, junto com as datas de início de cada turma.


ACIDENTE FATAL

Jovem morador de Lambari D’Oeste morre vítima de atropelamento

Motociclista foi encontrado caído na MT-170, já sem vida.

Ver mais

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.