logo

FIES SOCIAL

MEC lança programa para financiar até 100% das mensalidades de faculdades particulares

Nova modalidade quer facilitar o acesso de pessoas com baixa renda ao programa.


Por Redação com G1

img

Foto: Marcello Casal Jr| Agência Brasil

Foi lançado nesta sexta-feira (16) resolução do Ministério da Educação (MEC) do Programa Fies Social. 

 

O Programa tem como objetivo financiar 100% dos custos em cursos de faculdades particulares para estudantes de baixa renda.

 

De acordo com o MEC, o Fies Social foi criado para garantir condições especiais de acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para estudantes inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e com renda familiar per capita de até meio salário mínimo.

 

No caso dos estudantes com renda familiar per capita de até meio salário mínimo — o que corresponde a R$ 706 nos valores atuais —, o programa poderá financiar até 100% dos custos cobrados pela instituição privada. Sendo que:

  • Neste caso, não será aplicado os critérios de definição do percentual de financiamento estipulado pelo Fies comum.
  • O financiamento deverá ser de acordo com os limites de valores fixados pelo programa comum. Atualmente, o valor semestral máximo está em R$ 60 mil para Medicina e R$ 42,9 mil para os demais cursos. Já o valor mínimo é de R$ 300.

 

A resolução estipula que pelo menos metade das vagas de cada processo seletivo seja reservada para os estudantes inscritos no CadÚnico com renda familiar per capita de até meio salário mínimo.

 

O Comitê Gestor do Fies estipulou que haja, ainda, a reserva de vagas para estudantes autodeclarados pretos, pardos, indígenas e quilombolas e de pessoas com deficiência.

 

As regras passarão a valer a partir do processo seletivo referente ao 2º semestre de 2024.

 

A resolução publicada nesta sexta-feira não trouxe outros detalhes, como o número de vagas ou sobre como funcionará a seleção.

 

Até a última atualização desta reportagem, o Ministério da Educação não havia informado quantos estudantes devem ser beneficiados com o Fies Social.

 

FALE COM O POPULAR ONLINE

Para falar com a redação do Popular Online, mande uma mensagem pelo WhatsApp. Curta o nosso Facebook e siga a gente no Instagram.


INADEQUADA

Sem estação de tratamento, moradores recebem água “barrenta” em Figueirópolis d’Oeste

Diversos moradores estão revoltados e indignados após o prefeito contratar uma empresa por quase R$ 18 milhões para instalação de energia solar.


“MENINA MOÇA”

Com o apoio dos parlamentares Carlos Avallone e Ulisses Ferreira, projeto social é resgatado em Araputanga

O projeto foi reiniciado após mais de 20 anos, com a aula inaugural nesta terça-feira (23), na Comunidade de Farinópolis.


CASO DE POLÍCIA

Adolescente é morta a facadas em Porto Esperidião

A morte aconteceu após o grupo suspeitar que a vítima fosse informante da polícia.

Ver mais

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.