logo

TEATRO

Municípios da região receberão o projeto “Prevenção Começa na Escola” na próxima semana

Receberão o projeto Vila Bela da Santíssima Trindade, Pontes e Lacerda, Jauru e Cáceres


Por ANA LUÍZA ANACHE

img

Assessoria

Quatro municípios da região Oeste de Mato Grosso receberão o projeto “Prevenção Começa na Escola” na próxima semana. As intervenções culturais e apresentações da peça teatral ‘Inocentes Pétalas Roubadas’, da Cia. Vostraz, serão realizadas em Vila Bela da Santíssima Trindade (04/10), Pontes e Lacerda (05/10), Jauru (06/10) e Cáceres (07/10). A iniciativa é da Procuradoria de Justiça Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente.


Conforme o procurador de Justiça titular da Especializada, Paulo Roberto Jorge do Prado, serão duas apresentações por cidade, incluindo escolas da zona rural. O trabalho será acompanhado pelas instituições integrantes da rede de proteção. “Em razão dos altos índices de abuso e violência sexual contra crianças e adolescentes verificados pós-pandemia, vamos trabalhar na defesa dos direitos fundamentais estampados na Constituição Federal, bem como no Estatuto da Criança e do Adolescente e em Tratados Internacionais de Defesa dos Direitos Humanos”, contou. 


- FIQUE ATUALIZADO: Receba notícias do portal Popular Online em tempo real no seu WhatsApp. (CLIQUE AQUI)


Ainda em outubro o projeto será levado para as cidades de Sinop (24/10), Colíder (25/10) e Cláudia (26/10). Em novembro, serão visitadas escolas em São Félix do Araguaia (07/11), Água Boa (08/11) e Paranatinga (09/11). Na última etapa as apresentações ocorrerão em Sapezal (21/11) e Diamantino (22/11). 


Histórico - O “Prevenção Começa na Escola” teve início em 2018 e já beneficiou milhares de crianças e adolescentes mato-grossenses. Com a pandemia da Covid-19, as atividades presenciais foram interrompidas e, em 2020, a Procuradoria Especializada reformulou a iniciativa produzindo 10 curtas-metragens sobre assuntos diversos e recorrentes no ambiente escolar como bullying, abuso sexual infantil, depressão, suicídio, gravidez na adolescência, drogas, entre outros. Os vídeos foram disponibilizados para toda a rede de proteção e publicados no YouTube (assista aqui).  


 


INADEQUADA

Sem estação de tratamento, moradores recebem água “barrenta” em Figueirópolis d’Oeste

Diversos moradores estão revoltados e indignados após o prefeito contratar uma empresa por quase R$ 18 milhões para instalação de energia solar.


“MENINA MOÇA”

Com o apoio dos parlamentares Carlos Avallone e Ulisses Ferreira, projeto social é resgatado em Araputanga

O projeto foi reiniciado após mais de 20 anos, com a aula inaugural nesta terça-feira (23), na Comunidade de Farinópolis.


CASO DE POLÍCIA

Adolescente é morta a facadas em Porto Esperidião

A morte aconteceu após o grupo suspeitar que a vítima fosse informante da polícia.

Ver mais

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.