logo

NOVO AUMENTO

Preço do gás de cozinha sobe quase 5% a partir desta sexta-feira (2)


Por G1

img

Imagem ilustrativa. (Foto: Pedro Ventura — Agência Brasília)

A Petrobras aumentou em quase 5% o preço médio de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP) para as distribuidoras. O novo valor do gás de cozinha começa a valer já a partir desta sexta-feira (2).


Segundo a estatal, o preço passará a ser de R$ 3,21 por quilo, o que é equivalente a R$ 41,68 por 13 quilos.


"Os preços praticados pela Petrobras têm como referência os preços de paridade de importação e, dessa maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo", informou a estatal em nota.


A estatal também pontou que o "alinhamento dos preços ao mercado internacional é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento".


No mês passado, o presidente Jair Bolsonaro editou um decreto no qual zerou as alíquotas de PIS e Cofins que incidem sobre óleo diesel e gás de cozinha com o objetivo de conter o avanço do preço dos combustíveis.


Apesar das medidas, as distribuidoras de gás alertaram que não estavam conseguindo repassar para as revendedoras a isenção de tributo concedia pelo governo federal para o botijão de até 13 quilos.


Segundo a Associação Brasileira de Entidades de Classe das Revendas de Gás LP (Abragas), o repasse da isenção não estava ocorrendo porque, ao emitir a nota fiscal, a Petrobras não sabia qual volume de gás será envasado – o benefício fiscal vale apenas para o botijão de até 13 quilos.


FAZER MAIS POR VOCÊ

Prefeitura de Araputanga lançará neste sábado programa “Fazer mais por você”

O programa será iniciado na Comunidade das Botas.


REFORÇO NA SAÚDE

Deputado Dr. Gimenez destina R$ 4,8 milhões para municípios da região oeste

Mais de 60% das emendas parlamentares do deputado estadual Dr. Gimenez ajudarão a reforçar a saúde com a compra de ambulâncias, medicamentos, insumos e veículos


COBRANÇA

Produtor pede ao laticínio Vale do Guaporé de Comodoro pagamento de leite que está atrasado

A empresa de laticínio Vale do Guaporé, localizada no município de Comodoro (a 640 km de Cuiabá),  está provocando prejuízo financeiro a produtores de leite que comercializam sua produção de leite com a empresa.Recentemente a mesma assinou um termo de acordo e entregou um de seus caminhões para garantir o pagamento em atraso à 29 produtores de leite de Jauru...

Ver mais

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.