logo

Rio Branco

Rio Branco: mãe que abandonou filha visita a criança em abrigo


Por G1 MT

Uma jovem de 20 anos, que teria abandonado a filha recém-nascida em uma lixeira na cidade de Rio Branco, a 367 km de Cuiabá, visitou a menina em um abrigo do município. O bebê está sob os cuidados do Conselho Tutelar desde que foi abandonada, no último dia 22 de maio. A mãe responde em liberdade pelo crime de abandono de incapaz.


De acordo com a assistente social Lucimar Justino dos Reis, responsável pelo abrigo para onde a criança foi levada, o avô e a jovem demonstraram interesse em ficar com a criança. A visita ocorreu na semana passada. “A jovem não é de falar muito, é uma pessoa quieta. Ela veio aqui para visitá-la, perguntou se podia pegar a menina no colo e ficou com a criança um tempinho. Deu a entender que ela quer ficar com a criança. Foi a única que vez que ela visitou o bebê”, disse Lucimar ao G1.


Segundo a assistente, a menina está bem de saúde e é acompanhada por cuidadoras no abrigo. Algumas pessoas de outros municípios e até de outros estados que souberam da história do bebê procuraram o abrigo, desejando adotar a menina.


A mãe do bebê se apresentou à Polícia Civil ainda no final do mês de maio. A suspeita disse ao delegado Carlos Bock que não sabia que estava grávida e que deu à luz sozinha, dentro de um quarto na casa onde trabalha como cuidadora de idosos. Contou também que abandonou a menina na lixeira porque pensou que a bebê estivesse morta - isso porque, depois de chorar, ela ficou quieta.


De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o delegado aguarda o resultado de dois exames para a conclusão do inquérito: o de DNA e de corpo de delito. Os exames devem comprovar se a jovem deu à luz ao bebê e se a menina realmente é filha da suspeita. A expectativa é que os resultados sejam finalizados nesta semana.


Segundo a polícia, o exame também deve apontar se a jovem tomou algum tipo de remédio abortivo ou se ela tentou matar a filha. O delegado conseguiu comprovar que a mãe fez o próprio parto sozinha. A Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso informou que nenhum pedido de guarda provisória em relação à menina foi feito na Comarca de Rio Branco.


Abandono

A recém-nascida foi abandonada numa lixeira em frente à casa de um casal de idosos. Os moradores ouviram o choro e acabaram encontrando a menina, que estava sem roupa, suja de sangue e fezes, e ainda com o cordão umbilical. A criança foi encaminhada para o hospital municipal, onde foi chamada de Vitória Rita de Cássia.

Foto: reprodução


INDIAVAÍ

Ex-vereador Donizete Afonso morre vítima de infarto em Indiavaí

O ex-parlamentar teve uma carreira política significativa no município, atuando como vereador por mais de oito anos.


CASO CARAPIA

Acusado de matar técnico em enfermagem em Araputanga é condenado a mais de 21 anos de prisão

Foi realizado na terça-feira (21) o julgamento de Zulmiro Ribeiro Lopes Junior, conhecido como “Zulmiro Negão”, que resultou na sua condenação a 21 anos e 10 meses de prisão por envolvimento na morte do técnico em enfermagem Joseilton Santos Carapia, 47 anos. Conforme informações, a sentença foi lida em plenário na conclusão do julgamento realizado no Fórum Desembargador João Luís da...


QUATRO MARCOS

Preso suspeito de matar homem atraído por adolescente com promessa de sexo

O crime ocorreu em agosto do ano passado; o corpo da vítima foi encontrado carbonizado em uma estrada vicinal do município.

Ver mais

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.