logo

RECUPERAÇÃO ASFÁLTICA

Obra de recuperação asfáltica de má qualidade gera críticas ao Governo do Estado de Mato Grosso


Por Redação Popular Online

img

Obra de recuperação asfáltica de má qualidade gera críticas. (Foto: Dr. Gimenez)

Depois de muitos anos em condições precária, sendo objeto de reprovação dos usuários e motivos de protestos, as rodovias MT-175, que liga as cidades de Mirassol d’Oeste a Reserva do Cabaçal, e a MT-248 entre os municípios de Araputanga a Jauru, volta a ser alvo de críticas, desta vez, pela a má qualidade da obra que está sendo realizada.


A obra de recuperação do pavimento tem sido objeto de críticas ao Governo do Estado de Mato Grosso pela má qualidade. “Nosso dinheiro indo pelo ralo”, observou uma moradora do município de Araputanga (a 345km de Cuiabá) em um comentário realizado em uma postagem na página do deputado estadual Dr. Gimenez (PV), no Facebook.


O parlamentar informou que, atendendo solicitações, sua equipe levou a demanda ao secretário de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra-MT), Marcelo Oliveira, apresentando imagens da precariedade das obras realizadas recentemente nas rodovias.


“Se a recuperação do asfalto não aguentou uma chuvazinha, como suportará o período realmente chuvoso? Como colocar tartarugas e sinalização nestas condições? Uma obra tão recente não poderia ter estas falhas e desgastes. É inadmissível”, escreveu o deputado


Dr. Gimenez informou ainda que tem a palavra do secretário da Sinfra que a obra será refeita e uma equipe será enviada amanhã, terça-feira, 14 de setembro, para fiscalizar “in loco” a qualidade do asfalto e a empresa deverá cumprir os termos contratual, observando a qualidade da obra.


Entre no grupo do Popular Online no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)


INDIAVAÍ

Ex-vereador Donizete Afonso morre vítima de infarto em Indiavaí

O ex-parlamentar teve uma carreira política significativa no município, atuando como vereador por mais de oito anos.


CASO CARAPIA

Acusado de matar técnico em enfermagem em Araputanga é condenado a mais de 21 anos de prisão

Foi realizado na terça-feira (21) o julgamento de Zulmiro Ribeiro Lopes Junior, conhecido como “Zulmiro Negão”, que resultou na sua condenação a 21 anos e 10 meses de prisão por envolvimento na morte do técnico em enfermagem Joseilton Santos Carapia, 47 anos. Conforme informações, a sentença foi lida em plenário na conclusão do julgamento realizado no Fórum Desembargador João Luís da...


QUATRO MARCOS

Preso suspeito de matar homem atraído por adolescente com promessa de sexo

O crime ocorreu em agosto do ano passado; o corpo da vítima foi encontrado carbonizado em uma estrada vicinal do município.

Ver mais

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.